Nacional

Renamo decide pela governação à força seis províncias

2015-06-12 07:02:59 (UTC+01:00)

Apesar de ainda não ter datas para efectivação da sua decisão, a Renamo prometeu ontem na Beira recorrer à força quanto à criação das autarquias provinciais nas regiões onde defende ter ganho as eleições de 15 de Outubro último.

MAPUTO - Segundo José Manteigas, porta-voz da V Sessão Ordinária do Conselho Nacional da “perdiz”, o partido de Afonso Dhlakama decidiu, igualmente, criar uma força policial para se defender de algum ataque das forças republicanas.

De referir que o projecto de criação de autarquias províncias foi submetido pela Renamo ao Parlamento, documento este que acabou por ser rejeitado pela Assembleia da República por se encontrar ferido de vícios de inconstitucionalidade e de ilegalidade.

Na votação final do documento, a Bancada Parlamentar da Frelimo pronunciou-se contra o projecto e a Renamo e o Movimento Democrático de Moçambique (MDM) votaram favoravelmente.

O V Conselho Nacional da Renamo, contrariamente ao que estava previsto, em que devia encerrar ontem, só deverá terminar hoje. [MCM]