Nacional

Selo “Made in Mozambique" aumentou produção industrial

2015-08-05 09:11:37 (UTC+01:00)

O antigo ministro da Indústria e Comércio moçambicano António Fernando considerou, ontem, que a introdução do selo "Made in Mozambique" em 2006 pelo Governo aumentou a produção nacional e salvou empresas da falência.

Fernando falou do impacto da introdução da primeira marca registada atribuída pelo Governo às empresas, em conferência de imprensa A propósito do lançamento do livro “Made in Mozambuique”, a realizar-se amanhã em Maputo.

"Alguns empresários disseram-me que se não fosse a campanha ´Made in Mozambique`, teriam falido, a produção industrial no país aumentou com a introdução do selo, porque os consumidores passaram a ter mais apetência pelo que é nosso".

O ex-ministro da indústria e comércio, considerou ainda que a decisão do Governo foi ousada, tendo em conta a fragilidade do tecido empresarial local, destacando que se impunha medida para proteger a produção nacional, promover o consumo interno, aumentar a produtividade das empresas e apostar nas exportações.

"Foi um grande passo, mas os países são obrigados a valorizar e proteger a sua produção, não de forma excessiva, porque isso é nocivo, mas é importante que o façam", frisou. [FI]