Nacional

Superlotação nas cadeias atenta contra direitos humanos

2015-10-15 07:59:28 (UTC+01:00)

As cadeias superlotadas segundo o Ministro da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos, Abduremane de Almeida são um atentado aos direitos do homem.

MAPUTO- O Ministro da Justiça falava, ontem em Maputo, na análise do relatório sobre o segundo ciclo de avaliação do país, em direitos humanos.

Segundo Abduremane de Almeida, nessas situações “não podemos, de maneira alguma, dizer que estamos dentro das linhas, portanto, podemos dizer que estamos a forçar esta área dos direitos humanos, porque as pessoas praticamente apinhadas”.

O documento resume as acções do governo para garantir o cumprimento dos direitos humanos, no âmbito das recomendações das Nações Unidas.

O Ministro De Almeida disse que a penitenciária é uma das áreas vulneráveis, no que diz respeito aos direitos humanos.

Para reverter o cenário, o Ministro da Justiça diz que o governo de Moçambique tem um plano de construir complexos penitenciários regionais. [FI]