Nacional

Tanzânia e Moçambique devem unir-se para proteção de recursos

2015-10-09 11:07:27 (UTC+01:00)

Jakaya Kikwete, O presidente tanzaniano, alertou o Estado Moçambicano sobre a necessidade de o país reforçar a segurança na proteção do gás, dividido pelos dois países vizinhos.

MAPUTO-O governante falava, ontem, em Maputo, a margem da sua visita a Moçambique.

Kikwete chamou atenção ao seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, para a necessidade de redobrarem esforços na protecção dos recursos naturais partilhados pelos dois países que dirigem.

Moçambique e Tanzânia estão divididos fisicamente pelo rio Rovuma, mas os recursos naturais estendem-se entre as duas nações, em particular o gás natural.

“Estamos disponíveis para partilhar experiências na área de petróleo e gás, porque os blocos de gás que estão do lado de Moçambique e do lado da Tanzânia são os mesmos. Também devemos cooperar na área de segurança, de forma a proteger­mos esses recursos”. Finalizou o dirigente. Kikwete [FI]