Nacional

Três pessoas detidas por profanarem túmulo de albino

2015-11-02 04:03:44 (UTC+00:00)

A Polícia da República de Moçambique (PRM), em Massinga, província de Inhambane, deteve três pessoas por profanação de túmulo, com o objectivo de retirar as ossadas de um portador de albinismo.

MAPUTO- Segundo testemunharam citadas pela A BOLA online, os três indivíduos, de nacionalidade moçambicana, pretendiam fazer chegar os ossos a um empresário da Tanzânia, disponível para pagar 100 mil dólares.

Segundo as crenças e superstições na Tanzânia, os órgãos de pessoas albinas são fonte de sorte, prosperidade e felicidade.

Crença que está na base da perseguição e assassinato de pessoas albinas, crime que começa a ganhar alguma dimensão no país. [FM]