Nacional

Vitória Diogo proíbe director do Hospital Privado de trabalhar no país

2015-09-14 10:46:13 (UTC+01:00)

A ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Diogo, decidiu interditar, com efeitos imediatos, o Director do Hospital Privado de Maputo, Wynand Joannes Kleijnhans, o exercício de direito ao trabalho em Moçambique.

MAPUTO - A medida, segundo escreve o jornal O País, na edição desta segunda-feira, foi tomada devido ao seu mau comportamento contra os trabalhadores moçambicanos naquela unidade hospitalar.

O cidadão em causa, de nacionalidade sul-africana, vinha, de forma cíclica e incorrigível, violando direitos fundamentais dos trabalhadores da empresa, sobretudo os consagrados na legislação laboral em vigor no país, bem como os plasmados na Constituição da República, detalha o comunicado enviado à nossa redacção. [OD]