Nacional

Zambézia perdeu 200 vidas para a malária

2015-10-26 08:01:22 (UTC+00:00)

A malária continua a ser principal causa de internamento nas unidades sanitárias da província da Zambézia e de janeiro já fez mais de 200 pessoas naquele ponto do país.

MAPUTO- Segundo o País, nos primeiros nove meses deste ano, a doença matou 225 pessoas, 24 casos a menos que o número de mortes registado durante todo o ano passado.

Em 2014, mais de 800 mil pessoas deram entrada nos hospitais da Zambézia à procura de cuidados de saúde contra malária. Destes, 249 perderam a vida. De Janeiro a Setembro do ano passado, foram registados mais de 650 mil casos. Apesar dos números continuarem elevados, os dados representam uma redução de mortes em cerca de 17%.

O sector aponta as dificuldades de transitabilidade para as principais unidades sanitárias da província devido aos estragos provocados pelas chuvas da época passada. [FI]