Nacional

Covid-19: Marido espanca esposa por exigir rastreamento

2020-05-21 12:52:49 (UTC+01:00)

Um indivíduo espancou há dias a sua esposa na cidade da Beira por esta ter exigido que ele se submetesse ao processo de rastreamento contra o coronavírus, depois de regressar de uma viagem.

MAPUTO- A denúncia foi feita pela para-legal ao serviço da organização Mulher, Lei e Desenvolvimento (MULEIDE), Júlia Garrine.

Falando à margem de uma conferência de imprensa levada a cabo pela “Woman Law in Southern Africa” (WLSA) naquela parcela do país, a fonte contou-nos que a mulher, sabendo que o esposo acabava de regressar de uma viagem por alguns países com casos desta pandemia, exigiu que ele tomasse precauções, algo que foi visto pelo seu parceiro como uma afronta.

Perante esta situação, Júlia Garrine alertou para a necessidade de se proteger este grupo social porque, segundo suas palavras, neste tempo de confinamento há grandes probabilidades de os casos de violência doméstica aumentarem.

Por sua vez, o representante da WLSA em Sofala, Rildo Rafael, revelou que a presença da Covid-19 fez com que se reestruture o projecto adequando suas mensagens para ajuda a mulher.







Fonte:Jornal Notícias




NB: Induzidos pela fonte onde retiramos esta notícia, publicamos (ontem) a mesma com uma foto de outra pessoa que não é da organização Mulher, Lei e Desenvolvimento (MULEIDE), mas sim do gabinete de atendimento a família, menor vítimas de violência na província de Sofala. Pelos transtornos causados a Senhora Odete Ibraimo, vai o nosso sincero pedido de desculpas.