Nacional

Detido automobilista que cortou prioridade à escolta do governador de Inhambane

2019-08-23 09:10:18 (UTC+01:00)

A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Inhambane confirma a detenção do automobilista que alegadamente cortou prioridade à escolta do governador e causou o acidente que matou os cinco agentes da corporação.

MAPUTO- Na última segunda-feira a comitiva do governador de Inhambane envolveu-se num acidente de viação que resultou em cinco mortos, todos membros da equipa de segurança do governante.

Presume-se que o corte de prioridade da escolta governamental por parte de uma viatura ligeira da marca Isuzu, seja a causa do acidente e em seguida, o condutor da viatura colocou-se em fuga.

A Polícia desencadeou uma operação de busca que culminou com a neutralização, no mesmo dia, do condutor da viatura e que o mesmo permanece sob custódia das autoridades nas celas do Comando Distrital da PRM em Massinga.

Entretanto, Juma Dauto, do Departamento de Relações Pública da PRM em Inhambane diz que o automobilista ainda não sabe explicar os contornos dos episódios que levaram ao sinistro, mas que a corporação trabalha para apurar o que de facto terá acontecido naquele fatídico dia.

Recorde-se que para além das cinco vítimas mortais, outras sete pessoas ficaram feridas. Duas das vítimas foram transferidas em estado grave para o Hospital Central de Maputo (HCM) e as restantes já estão em casa depois de receberem tratamento médico.