Nacional

ENI garante financiamento para projecto de gás natural em Moçambique

2017-12-07 08:33:30 (UTC+00:00)

O grupo italiano ENI anunciou ontem ter garantido o acordo final de financiamento de 4675 milhões de dólares para o projecto de extracção, processamento e comercialização de gás natural Coral Sul, na bacia do Rovuma.

MAPUTO- “O Coral Sul FLNG (plataforma flutuante para processamento de gás natural) é o primeiro projecto aprovado pelos parceiros do bloco Área 4 para a exploração dos consideráveis recursos naturais descobertos na bacia do Rovuma”, pode ler-se no comunicado divulgado em Milão.

O montante anunciado engloba empréstimos garantidos por cinco agências de crédito à exportação, caso da chinesa Sinosure Export Credit Agency, bem como empréstimos comerciais e um do Banco de Exportações e Importações da Coreia do Sul.

O grupo ENI é o operador do bloco Área 4 com uma participação indirecta de 50% através da ENI East Africa.

O comunicado acrescenta ter o grupo italiano assinado em Março de 2017 um contracto de compra e venda com o grupo norte-americano ExxonMobil de uma participação indirecta de 25% no bloco Área 4 através da ENI East Africa.

A restante percentagem é detida pelo grupo China National Oil and Gas Exploration and Development Corporation (CNODC), com 20% de forma indirecta através da ENI East Africa, pela estatal Empresa Nacional de Hidrocarbonetos e pelos grupos português Galp Energia e sul-coreano Kogas, todos com 10% cada. [FM]