Nacional

Governo e Total acordam reforço da segurança em Afungi

2021-01-20 12:14:48 (UTC+00:00)

O Presidente República, Filipe Nyusi, recebeu segunda-feira, em audiência, o director-executivo Total S.A., Patrick Pouyanné, com quem acordou o reforço da segurança no acampamento daquela multinacional petrolífera na península de Afungi, em Cabo Delgado.

MAPUTO- No encontro as partes abordaram os últimos desenvolvimentos no âmbito da implementação do Projecto de Gás da Área 1, na Península de Afungi, refere um comunicado da Presidência da República.

“De referir que entre outros assuntos, foram igualmente discutidas questões relacionadas com a segurança na zona norte de Cabo Delgado que tem sido alvo de ataques dos terroristas”, lê-se no documento.

Durante o encontro, as partes acordaram a necessidade de se estabelecer um plano de segurança que garanta a implementação do projecto, sem sobressaltos.

O Chefe do Estado esteve acompanhado no encontro pelos Ministros dos Recursos Minerais e Energia, Ernesto Max Tonela; da Defesa Nacional, Jaime Bessa Neto e do Interior, Amade Miquidade.

Refira-se que o Projecto Mozambique LNG, liderado pela Total, decidiu no início do corrente mês evacuar parte da sua força de trabalho em Afungi, por questões de segurança.

Na altura, questionada pela AIM por e-mail sobre os motivos da decisão, a Total explicou que foi “em resposta ao ambiente prevalecente, incluindo os desafios em curso associados a COVID-19 e à situação de segurança no norte de Cabo Delgado”.