Nacional

Japão congela ajuda a Moçambique

2017-07-17 07:22:26 (UTC+01:00)

O Japão congelou 100 milhões de dólares e doações e empréstimos a Moçambique devido ao escândalo centrado na contracção de empréstimos não declarados por parte de empresas públicas.

MAPUTO- O anuncio do congelamento foi feito por Katsuyoshi Sudo, representante chefe da Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA) em Moçambique, segundo noticia o Macauhub.

Katsuyoshi Sudo, citado pela agência noticiosa africana APA, disse que os fundos serão libertados depois do governo alcançar um acordo com o Fundo Monetário Internacional, instituição que congelou a ajuda a Moçambique até à realização e divulgação de uma auditoria ao destino dado ao montante dos empréstimos.

O representante da JICA disse ainda que as relações económicas entre o Japão e Moçambique, país onde os japoneses aplicam anualmente entre 120 milhões e 140 milhões de dólares em doações, empréstimos e financiamento de projectos, não serão afectadas.

Uma missão do Fundo Monetário Internacional chegou segunda-feira a Maputo, onde vai permanecer até dia 19 de Julho corrente, para analisar com as autoridades do país as conclusões da auditoria às dívidas não declaradas efectuada pela Kroll Associates UK. [FM]