Nacional

Nyusi lamenta morte do bispo da diocese de Gurúè

2019-04-26 07:53:53 (UTC+01:00)

O Chefe de Estado, Filipe Nyusi, lamenta a morte de Dom Francisco Lerma Martins, Bispo da Diocese de Gurúè, na província da Zambézia, ocorrido ao fim da tarde quarta-feira no Instituto do Coração (ICOR), na capital moçambicana.

Dom Lerma, de nacionalidade espanhola, dedicou a maior parte da sua vida missionária à Moçambique, com muita paixão e vitalidade. Foi superior dos Missionários da Consolata, tendo sido, durante o seu mandato, nomeado Bispo da Diocese do Gurúè, refere um comunicado de imprensa enviado à AIM.

“Este homem de Deus que parte aos 74 anos, deixa, não só à família da Igreja Católica Apostólica Romana em Moçambique, mas também a todos nós, bastante consternados. Isto por causa do seu papel activo no cuidado da comunidade e serviço abnegado à moçambique e os moçambicanos”, lê-se no documento.

“Mais uma vez percebemos que nunca estamos preparados para perder alguém que amamos, mas apesar desta dura contrariedade, confiamos que o Bispo Francisco Lerma Martins desfruta agora do Amor Eterno do Altíssimo, pelo trabalho nobre que dedicou para o bem-estar dos seus semelhantes”, acrescenta o documento.

Por isso, Nyusi afirma que Dom Lerma continuará a viver na memória e nos corações daqueles que o conheceram e com ele viveram as suas batalhas na busca da salvação das almas dos filhos de Deus.

Referiu que o Bispo Dom Francisco Lerma Martins será recordado com carinho e amor, o que contribuirá para que os crentes continuem a seguir inspirados pelos seus ideais.

Nyusi termina a mensagem apresentando as suas condolências à família enlutada e, particularmente, a Igreja Católica, esperando que se refaçam da perda com maior brevidade.[CC]