Nacional

PM quer visibilidade de Moçambique na EXPO 2020

2018-06-14 05:53:25 (UTC+01:00)

O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário, exige uma maior visibilidade do país durante a exposição mundial denominada Expo 2020, que terá lugar em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos (EAU) entre Outubro de 2020 e Abril de 2021.

Do Rosário falava ontem, em Maputo, durante a cerimónia da tomada de posse de Miguel Mkaima, como Comissário-geral para EXPO 2020, cujo tema é “Conectando Mentes, Criando o Futuro”.

Além de impulsionar o cumprimento do cronograma já estabelecido, Do Rosário disse ao Comissário-geral para que no seu plano de actividades envolva os moçambicanos residentes nos EAU, bem como nos países circunvizinhos.

“Acreditamos que, ao proceder desta forma, estarão criadas as condições para o sucesso da nossa delegação neste evento mundial”, afirmou.

Sobre o tema, o dirigente recomendou que consolide e explore novas oportunidades, incluindo parcerias nas esferas económica, social e cultural a nível internacional, fortaleça as relações de amizade e cooperação com os EAU, bem como partilhe ideias inovadoras face aos desafios do corrente século.

“Este evento de dimensão mundial constitui um momento precioso para a promoção e divulgação da imagem de Moçambique, do mosaico cultural e turístico”, vincou o Primeiro-Ministro, citado pela AIM.

Acrescentou que a EXPO 2020 cria ainda oportunidades de negócios e de investimentos para Moçambique.

“A nossa participação na EXPO Dubai 2020 representa mais um passo no processo da integração de Moçambique no concerto das nações como um Estado soberano e com uma visão própria de desenvolvimento nos vários domínios”, sublinhou.[CC]