Nacional

PR Nyusi diz que os últimos minutos são cruciais para o jogo

2018-08-10 06:48:09 (UTC+01:00)

O Presidente da República, Filipe Nyusi, insta os governantes, sobretudo os recém-nomeados, a acelerarem o passo no cumprimento das metas planificadas pelo Executivo moçambicano, cujo mandato termina dentro de um ano e meio.

Para o efeito, orientou os governantes a pautarem pela aproximação às comunidades para, em conjunto, definirem as melhores estratégias de realização dos planos estabelecidos.

O Chefe de Estado moçambicano falava ontem, em Maputo, durante a cerimónia de tomada de posse do vice-ministro da Indústria e Comércio, Júlio João Pio, bem como dos governadores das províncias de Sofala (centro do país), Alberto Mondlane, de Manica (centro), Manuel Alberto, e de Niassa (norte), Francisca Domingos Tomás.

“Os dirigentes devem conhecer profundamente o território que dirigem, bem como as dinâmicas que nela se desenvolvem. Lembrem-se que estamos a menos de um ano e meio do fim do mandato, pelo que temos de acelerar o passo para cumprir com as promessas que fizemos ao nosso povo”, disse.

Acrescentou que a comunidade é colaboradora para o cumprimento das acções do Executivo, pelo que, segundo o estadista, é fundamental que o governo provincial partilhe uma decisão colectiva, particularmente em relação aos objectivos de governação.

Segundo Nyusi, a participação dos líderes locais e das comunidades, como beneficiárias das acções do Governo, mostra-se essencial e inadiável para o alcance do sucesso de qualquer acção governativa.

“As prioridades já estão definidas pelas populações e sintetizadas pelos vossos antecessores e, juntamente com os colaboradores que já se encontram no terreno, e estas, permitir-lhes-ão responder aos mais profundos anseios das populações”, afirmou.[CC]