Nacional

PRM diz que denúncias da Renamo são infundadas

2017-01-11 06:02:58 (UTC+00:00)

A Polícia da República de Moçambique (PRM) diz que não reconhece nenhum caso de provocação e de sabotagem do acordo de cessação das hostilidades militares.

MAPUTO- "Como sabem as tréguas foram anunciadas politicamente e algumas medidas que haviam sido tomadas foram canceladas e as Forças Armadas de Defesa de Moçambique estão simplesmente a garantir a ordem e segurança", explicou, Inácio Dina- porta-voz da PRM.

O porta-voz do Comando Geral da Polícia da República de Moçambique, diz que não se pode "politizar" as acções policiais que visam garantir a segurança das populações.

Inácio Dina, afirma que nas zonas de conflito as pessoas já começaram a voltar para as suas rotinas.

Na sexta-feira, a Renamo denunciou várias "provocações em violação das tréguas declaradas", entre um homicídio, raptos, roubos, intimidações e extorsão. [FM]