Nacional

Rubis moçambicanos atingem valor recorde em leilão da Gemfields

2018-06-14 11:08:15 (UTC+01:00)

A Gemfields realizou um leilão de rubis em Singapura, e os rubis que atingiram o valor máximo do leilão foram extraídos pela Montepuez Ruby Mining Limitada, (MRM) uma empresa moçambicana que opera no depósito de rubis de Montepuez, em Cabo Delgado.

MAPUTO- O décimo leilão da Gemfields de rubis em bruto de Montepuez recebeu ofertas de 51 empresas. O leilão gerou receitas totais de 71,8 milhões de dólares, a um preço médio de 122 dólares por quilate.

O produto deste leilão será totalmente repatriado para a MRM em Moçambique, com o imposto de produção devido ao Governo de Moçambique a ser pago sobre o preço total de venda alcançado no leilão.

As comunidades ao redor da mina beneficiam do reinvestimento de parte das receitas obtidas nos leilões. Esses benefícios são construção de infra-estruturas, como escolas e hospitais e associações agrícolas.

A MRM está atualmente a construir um Centro de Treinamento Vocacional e uma aldeia de reassentamento para 105 famílias, com um investimento total superior a 11 milhões de dólares.

Sean Gilbertson, CEO da Gemfields diz que a MRM tem sido o maior contribuinte na província de Cabo Delgado nos últimos três anos. “E este leilão coloca-nos no caminho certo para repetir essa conquista no ano civil de 2018 e para expandir nossas iniciativas comunitárias e de conservação”.

As pedras preciosas de origem responsável da Gemfields são a escolha preferida para joias criadas por muitas casas de luxo de renome mundial e designers inovadores.