Vida e Lazer

Carlos Morgado homenageado em Maputo

2015-07-10 14:01:20 (UTC+01:00)

Amigos, familiares e artistas, homenagearam ontem, na Fundação Fernando Leite couto, em Maputo, o poeta moçambicano Carlos Morgado.

MAPUTO - O evento, que foi bastante concorrido e abrilhantado pela música e poesia, serviu para relembrar os feitos do poeta, e contou com o lançamento da obra “Poemetria”, uma colectânea de poemas que delimitam os sentimentos das várias etapas da vida do homenageado.

Bruno Morgado, Filho mais velho do homenageado, não escondeu a emoção pelo evento e disse que o pai escondia o lado poético que tinha.

“Ele colecionava guardanapos de restaurantes, e a minha mãe arrumava numa pasta, ate que um dia quando estávamos a arrumar as coisas dele, descobrimos que eram poemas, foi assim que descobrimos que ele escrevia”, contou Morgado.

Calane da Silva, disse na ocasião, que um poema de Morgado explicava como profundamente ele viveu a luta pela independência moçambicana.

Engenheiro de profissão e um grande militante do partido FRELIMO, Morgado ajudou pessoalmente muitos antigos combatentes a montarem os seus pequenos negócios e assim desenvolverem o país.[EL]