Vida e Lazer

Chinesas impedidas de embarcar após cirurgia plástica

2017-10-10 06:42:14 (UTC+01:00)

Três mulheres chinesas decidiram recorrer a cirurgias plásticas fora do seu país mas, no regresso, foram impedidas de embarcar, porque a imagem actual não corresponde às fotos dos seus passaportes.

Quando tentaram passar pelo controlo de passaportes, as mulheres foram detidas por oficiais de imigração sul-coreanos, porque a imagem actual, ainda com evidências claras da recuperação pós-operatória, não corresponde às fotos dos seus passaportes.

Uma foto captada no aeroporto da Coreia do Sul está a correr as redes sociais. Na fotografia são notórias as ligaduras e os inchaços faciais decorrentes das cirurgias.

Até ao momento, conforme revela o jornal britânico Daily Mirror, a publicação já registou mais de 51 mil gostos e foi compartilhada 23 mil vezes.

Até ao momento desconhece-se se as mulheres já foram autorizadas a voltar à China.

Recorde-se que, na última década, a Coreia do Sul tornou-se num destino de excelência para a realização de cirurgias plásticas para as mulheres chinesas.