Vida e Lazer

Crianças cortam relva para idosa não ser detida

2015-06-15 14:33:48 (UTC+01:00)

Quando a relva de Gerry Suttle, de 75 anos, atingiu uma altura de mais de 45 centímetros, foi emitida uma nota judicial da cidade de Risel, no Texas (EUA), para que a mulher comparecesse em tribunal.

MAPUTO - De acordo com a notificação, a "relva não pode exceder os 45 centímetros". No entanto, a mulher alega nunca ter recebido a nota e o mandado para a sua detenção foi emitido.

Quando os quatro irmãos Reynolds, crianças vizinhas da idosa, souberam o que se passava, pegaram no corta-relvas, com temperaturas acima dos 32 graus, e puseram mãos à obra.

Agora que a relva está cortada, a septuagenária não tem de fazer muito mais para anular o mandado em seu nome. Resta-lhe apenas tratar de alguma burocracia.[OD]