Vida e Lazer

Ex-Prisioneiro processa cadeia por ficar impotente

2015-06-12 13:57:40 (UTC+01:00)

Um ex-presidiário está processar uma prisão e um de seus médicos por ficar impotente.

Rodney Cotton, de 51 anos, era um prisioneiro do Complexo de Detenção de Manhattan, EUA, em 2011 e, na época, era medicado com um antidepressivo conhecido como Risperdal.

Em decorrência de um efeito colateral deste medicamento, o homem sofreu com uma dolorosa rigidez no membro que durou seis dias, e então pediu para ser atendido por um médico.

Depois de ser levado a um hospital, ele foi operado e recebeu pontos em seu órgão genital. Contudo os pontos deveriam ser removidos de sete a dez dias após a operação, mas os médicos da prisão disseram que eles se “dissolveriam” por conta própria.

Entretanto isso não aconteceu e eles foram removidos cerca de um mês depois. Isso deixou o ex-detento irreversivelmente impotente. [FI]