Vida e Lazer

Garçom é condenado após cuspir na bebida de cliente

2015-06-11 11:59:54 (UTC+01:00)

Um garçom se declarou culpado de cuspir na bebida de um cliente após um teste de DNA o condenar pelo acto.

Gregory Lamica, um ex-garçom de um restaurante nos EUA, cuspiu no refrigerante do cliente Kenneth Yerdon depois que ele reclamou de brócolis mal cozidos.

Yerdon, que estava jantando com sua esposa, pegou o refrigerante no final da refeição e bebeu um pouco, antes de leva-lo para casa.

Quando a tampa do copo de isopor se soltou, ele notou o ingrediente extra dentro do recipiente.

Após usarem um cotonete para capturar a saliva da boca de Lamica, um teste de DNA comprovou que o garçom era culpado de uma acusação de conduta desordeira.