Vida e Lazer

Homem pede julgamento por combate por causa da custódia do filho

2020-05-12 05:24:50 (UTC+01:00)

Um homem apresentou um pedido num tribunal do Iowa, nos Estados Unidos, para obter permissão legal para enfrentar a ex-mulher e o advogado desta num duelo de espadas.

O inusitado pedido foi feito no dia 3 de janeiro deste ano. A justificação de David Ostrom para este peculiar julgamento por combate era a insatisfação com o acordo de custódia do seu filho.

Um juiz do Iowa ordenou então que fossem suspensas temporariamente as visitas de David Ostrom ao filho pediu uma avaliação psicológica ao homem.

Ora, o Des Moines Register refere que a avaliação psicológica concluiu que David Ostrom não é louco, e que estava apenas zangado com o acordo de custódia do filho.

Depois de ter conhecido o resultado da sua avaliação psicológica, David Ostrom não perdeu tempo e na passada sexta-feira apresentou nova moção em tribunal.

Desta vez para pedir uma avaliação psicológica à ex-mulher, Bridgette Ostrom, e ao advogado que a representa, Matthew Hudson.

Também pediu uma indemnização de 255 mil dólares por ter sofrido danos emocionais.