Vida e Lazer

Jovem que tatuou nome de Dilma se arrepende e amputa os braços

2015-07-17 09:43:48 (UTC+01:00)

Uma jovem identificada como Marília Meireles, que tatuou nos dois braços o nome da presidente do Brasil, Dilma Rousseff, amputou os membros, alegadamente por sentir -se envergonhada com desenhos.

MAPUTO - Segundo o portal Juselito Muller, a jovem pedagoga, passou vergonha, fazendo com que ela, que anteriormente exibia as tatuagens com orgulho nas redes sociais, tomasse uma decisão considerada por muitos como radical, de cortar os braços, tornando-se assim uma deficiente, livre da vergonha.

“O problema é que quando a popularidade da presidente caiu, até gente que votou nela passou a me atacar como se isso amenizasse a “merda” que tinha feito ao elegê-la. Cheguei a tirar a foto do meu perfil, mas já era tarde, porque já havia sido espalhada”, lamenta.

A pedagoga revela que o mais traumático envolvendo a situação foi o dia em que seu pai tomou conhecimento das tatuagens.

Marília actualmente já está adaptada a substituir as mãos pelos pés em atividades do cotidiano, tais como comer e pentear os cabelos.[EL]