Vida e Lazer

Líder de Igreja segue jovem até casa de banho para dizer que é demasiado gorda para vestir calções

2019-07-03 08:22:58 (UTC+01:00)

Uma líder da Igreja Metodista seguiu uma adolescente de 19 anos até à casa de banho, na própria igreja, na Carolina do Norte, Estados Unidos, para lhe dizer que era demasiado gorda para vestir calções.

A jovem, de quem apenas se conhece o primeiro nome, Jennie, filmou a mulher enquanto estava falava e a ameaçava, num momento confrangedor, que pode ver na galeria acima. O incidente aconteceu na Igreja Metodista Unida de Swansboro.

Jennie explicou que estava na igreja para rezar e que saiu para a casa de banho para atender a chamada de um familiar, uma vez que tem outro familiar hospitalizado. A adolescente revelou ainda, numa publicação que acompanha o vídeo, que recebe terapia porque sofre de depressão.

Uma vez na casa de banho, foi interpelada pela mulher que se vê nas imagens, que diz ser uma líder daquela igreja. "(...) É um rapariga gordinha, está de vestido. Isso é apropriado. Chega-lhe até aos joelhos", diz a mulher, chamada Bonnie, no começo do vídeo, parecendo falar de outra pessoa.

"Portanto, você está aqui para me chamar gorda?", pergunta Jennie, já notoriamente perturbada com o encontro. "Não achas que és?", responde a mulher.

A troca que se segue demonstra o perturbada que ficou a jovem com a interpelação da mulher, que chega a ameaçá-la. "Não digas palavrões. Não voltes lá para dentro com esses calções, estou a avisar", ouve-se dizer.

Bonnie acaba por sair da casa de banho, percebendo que Jennie está muito nervosa, e encontram dois homens perto das instalações. Quando um deles tenta perceber o que aconteceu, aconselha Jennie a voltar para a casa de banho e o vídeo termina.

Entretanto, a publicação de Jennie tornou-se viral e algumas modelos, como Tess Holliday ou Ashley Nicole Black, já manifestaram apoio à jovem, através das redes sociais, de acordo com o Daily Mail.