Vida e Lazer

Ministério da Cultura conforta família de Henning Mankell

2015-10-07 13:25:48 (UTC+01:00)

O Ministério da Cultura e Turismo endereçou, as mais sentidas condolências à família do director do Teatro Avenida, Henning Mankell.

MAPUTO - Na mensagem, o ministério diz que recebeu com muita tristeza a notícia do desaparecimento físico do conceituado escritor e dramaturgo sueco, Henning Mankell, ocorrido na madrugada do dia 5 de Outubro de 2015, na cidade de Gotemburgo, na Suécia, vítima de doença.

“Foi como dramaturgo e encenador, que se notabilizou, participando de forma incondicional, na afirmação do teatro em Moçambique, através da promoção e formação de actores, no fortalecimento do associativismo cultural neste âmbito, e abrindo oportunidades para a difusão das artes moçambicanas em vários continentes e introduzindo uma nova forma de pensar, de fazer e de viver o teatro em Moçambique”, diz a mensagem.

O ministério disse ainda que o talento do dramaturgo inspirou jovens e adultos a enveredar pelas artes e cultura em Moçambique.

“O lendário grupo moçambicano de Teatro Mutumbela Gogo, inicialmente associado ao projecto Teatro Avenida, do qual Henning Mankell era Director Artístico, é apenas um exemplo desse engajamento em prol da nossa cultura e da essência da nossa moçambicanidade, que fez emergir e consolidar vários outros grupos de teatro em diversas províncias do nosso país”, acrescentou.

Henning Mankel, morreu aos 67 anos, escreveu mais de 40 obras literárias, traduzidas para 40 línguas e vendeu mais de 40 milhões de exemplares, a maioria dos quais policiais protagonizados pelo detetive Kurt Wallander.[EL]