Vida e Lazer

Mulher requer na justiça teste de paternidade a um bode

2020-06-26 10:09:40 (UTC+01:00)

Uma mulher interpôs um processo na justiça norte-americana no qual requer um teste de paternidade a um bode, o alegado progenitor das cinco cabras que comprou à sua vizinha.

O Notícias ao Minuto que cita a Associated Press refere que Kris Hedstrom, que vive na Flórida, entrou com o processo contra a vizinha, Heather Dayner, no mês passado. Kris Hedstrom pagou a Heather Dayner 900 dólares por cinco cabras anãs nigerianas.

No processo, Hedstrom explica que achou que as cabras poderiam ser registadas na American Dairy Goat Association, um grupo que regista o pedigree de cabras, porque Dayner lhe disse que o pai das cabras estava inscrito.

As cabras registadas nesta associação têm um valor mais elevado do que aquelas que não estão registadas.

No entanto, o Tampa Bay Times revela que a American Dairy Goat Association rejeitou o pedido de inscrição das cinco cabras anãs de Kris Hedstrom porque Heather Dayner não é membro da associação.

E assim começou a disputa entre as duas vizinhas. Hedstrom argumenta que escreveu uma carta a Dayner a pedir um teste de ADN ao bode, que é o alegado pai das cinco cabras.

Dayner afirma que teve de chamar a polícia por três vezes porque Hedstrom entrou sem autorização na sua quinta e que só voltou a saber algo da vizinha quando tomou conhecimento do processo que chegou à justiça.

Em contrapartida, Heather Dayner frisa que já propôs devolver o dinheiro a Kris Hedstrom, se esta devolver as cabras.