Vida e Lazer

Paulina Chiziane propõe que “Africa Liberte-se”

2015-06-05 09:51:43 (UTC+01:00)

Foi ainda evolvida no calor da homenagem preparada para a Paulina Chiziane, que a autora de Nikecthe, efetuou o lançamento, no Centro Cultural Universitário (CCU), do projecto “Africa Liberte-se”.

A mais nova proposta para a libertação da sociedade africana, colonizada pela cultura estrageira, é sustentada não só na literatura pela Paulina, mas também, na música pelos Timbila Muzimba.

Um continente que não renega os seus valores e as suas tradições. “Às vezes, como africanos, aceitamos melhor o que vem de fora e não olhamos muito para os valores da nossa terra”, lamentou Chiziane, quando convidada a usar da palavra.

É na religião onde a autora de “Na Mão de Deus” vê a expressão máxima da negação daquilo a que chama identidade africana. [FI]