Vida e Lazer

Roupa íntima “nas mãos” da empregada doméstica pode ser perigosa

2018-05-07 11:00:04 (UTC+01:00)

Numa entrevista do Semanário Domingo, da Sociedade do Notícias, uma anciã de nome Marta Ngomane, alerta sobre os perigos da empregada doméstica lavar as roupas íntimas do seu marido.

MAPUTO - Numa altura em que a dinâmica de vida obriga a que mulheres e homens se dispersem a partir das primeiras horas da manhã, à busca do seu sustento, Marta Ngomane, uma anciã residente no bairro da Machava, chama atenção para a necessidade de as senhoras não se descuidarem das suas obrigações no lar e, nessa perspectiva, assumirem os cuidados com a sua roupa íntima e do respectivo companheiro.

“Tem de ser a nora (esposa)a assumir esta tarefa. Aliás, ela foi ao lar para cuidar do marido e dos filhos. Essa é a regra. Mas, ultimamente, há um mau hábito da parte das nossas filhas. Entregam a roupa íntima do marido à empregada para lavar, peças que devem estar longe da vista da trabalhadora. Isso é perigoso. Correm risco de perder o marido, ao exporem a sua intimidade. Não se devem esquecer que a empregada é mulher, pode imaginar coisas e interessar-se pelo patrão”, alerta a anciã citada pelo Domingo.