Vida e Lazer

Salão investigado por cabeleireiras trabalharem nuas

2015-07-06 13:23:57 (UTC+01:00)

Um salão de beleza de Moscovo na Rússia, está a ser investigado pela polícia, após descoberta de que cabeleireiras atendem nuas os seus clientes.

MAPUTO - Segundo o Metro, a salão atraia muitos clientes, que chegam a fazer filas para receber o corte das mãos de moças sem qualquer peça de roupa.

O problema é que, com a popularidade do local, homens bêbados começaram a confundir a porta e entrar no estabelecimento vizinho: uma escola especializada no atendimento a crianças com autismo.

Um policial disfarçado chegou a visitar o salão e realizar as imagens do vídeo abaixo. Ele informou que, pagando um valor a mais, é possível que o cliente também fique pelado durante o corte.

Os donos do estabelecimento negaram que se tratasse de uma casa de prostituição, já que as cabeleireiras não fazem sexo com os clientes.[EL]