Vida e Lazer

Surdo processa sites pornográficos por falta de legendas

2020-01-20 06:25:32 (UTC+00:00)

Um homem de nacionalidade norte-americana, que sofre de um problema auditivo, entrou com uma acção na Justiça norte-americana, na quinta-feira, onde exige que os sites pornográficos coloquem legendas nos vídeos.

“Sem legendas, surdos e pessoas com deficiência auditiva não podem beneficiar do conteúdo do vídeo como o resto das pessoas”, escreveu Yaroslasv Suris, no processo de 23 páginas, segundo o Notícias ao Minuto.

De acordo com o Notícias ao Minuto, no documento, o norte-americano alega que os sites pornográficos mencionados não estão a cumprir a lei norte-americana de 1990 que protege as pessoas com deficiência de descriminação.

Se Yaroslasv ganhar o processo, a Justiça norte-americana poderá obrigar o Pornhub, Redtube e Youporn, controlados pela empresa canadiana Mindgeek, a legendarem todos os conteúdos pornográficos presentes nos sites.

O norte-americano pediu ainda uma indemnização por “danos” de um valor não especificado. A Pornhub já respondeu a este processo. O vice-presidente da empresa, Corey Price relembrou que o site já tem uma “categoria com legendas”.

Esta não é a primeira vez que Yaroslasv luta em tribunal pelos direitos das pessoas com algum tipo de deficiência. O homem já processou a Fox News e o jornal New York Post com base na mesma lei de 1990.