Vida e Lazer

Universidade Politécnica atribui “Honoris Causa” a Mia Couto

2015-09-02 10:56:56 (UTC+01:00)

A Universidade Politécnica de Moçambique atribui hoje, o título de Doutor Honoris Causa em Humanidades na especialidade de Literatura ao escritor Mia Couto.

MAPUTO - O Concelho Cientifico daquela que é considerada a maior universidade privada nacional, aprovou a proposta de atribuição da denominação para o escritor que está na lista dos melhores de Africa.

Mia Couto esteve este ano entre os finalistas do “Man Booker International Prize”, um dos mais importantes prémios literários mundiais, numa lista que incluía dez escritores, entre os quais o argentino César Aira, a libanesa Hoda Barakat, Maryse Condé, de Guadalupe, a americana Fanny Howe, o líbio Ibrahim Al-Koni, o húngaro László Krasznahorkai, o congolês Alain Mabanckou, a sul-africana Marlene van Niekerk e o indiano Amitav Gosh.

É o autor moçambicano mais traduzido e divulgado no estrangeiro, com uma obra literária extensa e diversificada, incluindo poesia, contos, romance e crónicas. Muitos dos seus livros estão publicados em mais de 22 países e traduzidos em alemão, francês, castelhano, catalão, inglês e italiano.[EL]