Desporto

Afrotaças: UD Songo e FMF submetem protexto à CAF contra arbitragem tendênciosa

2021-09-23 05:12:48 (UTC+01:00)

A União Desportiva do Songo, junto com a Federação Moçambicana de Futebol vão submeter um protexto à Confederação Africana de Futebol ( CAF), depois de uma arbitragem tendênciosa na eliminação da UDS nas grandes penalidades, diante do AS Otohô.

O jogo que realizou-se no último domingo, no Congo Brazzaville, válido para segunda mão da primeira eliminatória para o acesso a fase de grupos, entre a União Desportiva do Songo e o AS Otohô do Congo Brazzaville que venceu nas grandes penalidades(4-3) depois do empate no agregado (1-1), foi marcado por diversas polémicas, desde a falsificação dos testes de Covid-19, a forte presença dos militantes que que intimidou a imprensa, até a arbitragem que na maior parte do jogo prejudicou a formação moçambicano.

Nesta senda, direcção liderada pela União Desportiva do Songo, encabeçada por Francisco António Xavier dos Santos em parceria com a Federação Moçambicana de Futebol trabalham em conjunto para submeter um protexto à Confederação Africana de Futebol ( CAF).