Desporto

Afrotaças: UDS é eliminado nos penáltis pelo AS Otohô (3-4)

2021-09-19 18:42:46 (UTC+01:00)

Num jogo com uma arbitragem tendênciosa, a União Desportiva do Songo foi eliminada, hoje, da pré-eliminatória para o acesso a fase de grupos da Liga dos Campeões CAF pelo AS Otohô do Congo Brazzaville, na lotaria de grandes penalidades (3-4).

A equipa moçambicana lutou contra todos e tudo, no embate deste domingo, da segunda mão da pré-eliminatória para acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões africanos, que logo antes do início do jogo, as autoridades sanitárias congolesas falsificaram os resultados de testes de Covid-19, de alguns jogadores dos "Hidroelétricos", por sinal os mais fundamentais do conjunto da pérola do Índico.

Na sequência, os dirigentes da equipa treinada por Carlos Manuel (Caló), mostraram testes de laboratório conceituado que prova que os atletas haviam testado negativo, mesmo assim os jogadores foram interditos de efectuar o jogo, tendo se validado os testes feitos pelas autoridades locais.

No tocante ao jogo, a União Desportiva do Songo, condicionada, fez se ao embate onde ao longo da partida teve diversas oportunidades, porém desperdiçadas por Lau King, que teve duas chances claras de golo.

Na etapa complementar, Bheu recebeu a cartolina vermelha, depois de ter efectuado uma falta dentro da grande área. Assim surgiu o golo da equipa da casa na sequência de uma grande penalidade.

Terminado o tempo regulamentar, com o resultado de um a zero a favor da equipa da casa, o agregado estava empatado (1-1).

Na lotaria das grandes penalidades, a equipa da casa levou a melhor, tendo vencido por (4-3).

Assim terminou a participação da equipa moçambicana nas competições Africanas. O Petróleos de Luanda é o próximo adversário da equipa congolesa.