Internacional

África tem urgência de 20 milhões de segundas doses da vacina

2021-05-27 16:50:19 (UTC+01:00)

África precisa de pelo menos 20 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford nas próximas seis semanas para conseguir administrar segundas doses a todos os que receberam a primeira, disse hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Citada pelo LUSA Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS para África, refere que "À medida que os fornecimentos escasseiam, a partilha de doses é uma solução urgente, crítica e de curto prazo para assegurar que os africanos com maior risco de covid-19 obtêm a tão necessária proteção", disse Matshidiso Moeti, diretora regional da OMS para África.

"África precisa de vacinas agora. Qualquer pausa nas nossas campanhas de vacinação levará à perda de vidas e à perda de esperança", acrescentou a responsável da OMS, na conferência de imprensa semanal sobre a evolução da pandemia no continente africano.

A organização recorda que uma dose única da vacina da AstraZeneca dá cerca de 70% de proteção durante pelo menos 12 semanas, enquanto a vacinação completa com um intervalo de 12 semanas dá 81% de proteção durante um período prolongado.

Por isso, defende a OMS, são necessários pelo menos 20 milhões de doses para conseguir vacinar com a segunda dose, num período entre oito e 12 semanas, todos os que receberam a primeira toma do imunizante.

Além destas, são necessárias mais 200 milhões de doses de qualquer vacina covid-19 aprovada pela OMS para que o continente possa vacinar 10% da sua população até setembro de 2021.