Internacional

Aviação, Acidente

Mais um possível destroço do MH370 achado em Moçambique

2016-03-12 03:57:12 (UTC+00:00)

Um adolescente sul-africano encontrou parte de uma asa que pode ser do desaparecido avião MH370 da Malaysia Airlines, durante as suas férias na turística praia de Xai-Xai, província de Gaza, sul de Moçambique.

Segundo o Jornal Notícias, a informação foi transmitida pelo pai do rapaz, Casper Lotter, numa entrevista a “Associated Press” (AP).

O pai do adolescente disse que pensaram que se tratasse de um “pedaço de lixo”, que fosse provavelmente pedaço de um barco, mas o adolescente Liam Lotter, de 18 anos, insistiu em levar o objecto para a África do Sul, convencido de que poderia se tratar de parte de um avião.

O objecto, o segundo a ser achado nas águas moçambicanas do Oceano Indico, é de cerca de um metro de comprimento e meio metro de largura, com um número de cinco dígitos inscritos nele, disse Casper Lotter.

A descoberta do adolescente não tinha muita importância, até que a família ouviu falar sobre um outro pedaço de possíveis destroços de avião também encontrado em Moçambique há uma semana.

Foi só quando Lotter leu sobre o pedaço de possíveis destroços também encontrado em Moçambique que recomeçou as suas investigações.

Na semana passada a família contactou as autoridades aeronáuticas australianas e estas disseram que o número no pedaço indica que ele possa pertencer a um Boeing 777, de acordo com Casper Lotter. As autoridades australianas contactaram a sua contraparte sul-africana para que o objecto seja examinado por peritos.

O desaparecimento do Boeing 777 de Malaysia Airlines, há dois anos, pouco depois de ter descolado de Kuala Lumpur com destino a Beijing, com 239 pessoas a bordo, ainda é um mistério. [FM]