Internacional

"Panamá Papers": primeiro-ministro da Islândia pede dissolução do parlamento

2016-04-05 15:35:20 (UTC+01:00)

O primeiro-ministro da Islândia, Sigmundur Gunnlaugsson, pediu hoje ao Presidente do país que dissolva o parlamento. Em causa está o envolvimento de Gunnlaugsson no escândalo "Panamá Papers".

O primeiro-ministro da Islândia, é alvo de uma moção de censura por parte da oposição, na esteira do escândalo de fortunas ocultas desvendado pela investigação jornalística Panama Papers.

A dissolução do Parlamento, selaria a queda imediata do Governo liderado por Sigmundur Davíð Gunnlaugsson, mas o presidente quer ouvir as principais forças partidárias antes de tomar qualquer decisão.

A moção de censura fora submetida pela oposição na segunda-feira, o mesmo dia em que milhares de pessoas estiveram concentradas nas imediações do Parlamento de Reiquejavique para exigir a demissão do primeiro-ministro.

Sigmundur Davíð Gunnlaugsson viu o seu nome envolvido no escândalo internacional de ocultação de fortunas pela mão da firma Mossack Fonseca, com sede no Panamá.