Internacional

Tempestade mata cinco pessoas na África do Sul

2024-04-17 08:07:10 (UTC+01:00)

Pelo menos cinco pessoas morreram, em Margate, na África do Sul, devido à tempestade que sacudiu a província de KwaZulu-Natal, anunciou, esta terça-feira, a governadora provincial.

Em declarações à imprensa local, Nomusa Dube-Ncube sublinhou que a tempestade deixou "rasto de destruição" na vila piscatória de Margate e, em eThekwini, antiga Durban, onde se registaram dois feridos.

"Entristece-nos que tantas vidas tenham sido subitamente afectadas pelas inundações que varreram estas comunidades com uma força devastadora", salientou a governadora sul-africana, adiantando que "a regularidade das cheias é um sinal claro de que, como província costeira, estamos literalmente no centro da tempestade".

"Estamos a envidar todos os esforços, neste período difícil, também partilhamos o profundo sentimento de perda com aqueles cujas propriedades e negócios foram parcial ou totalmente destruídos", adiantou Nomusa Dube-Ncube.

De acordo com as autoridades locais, as cheias causaram, desde a noite de domingo, a destruição de diversas infraestruturas públicas, incluindo pontes e estradas, em Margate, um popular destino turístico no sudeste da África do Sul.

O serviço meteorológico sul-africano emitiu um alerta prevendo a ocorrência de tempestades mais severas naquela região do litoral do país africano.