Internacional

Terroristas matam 30 pessoas em Shiroro, no noroeste da Nigéria

2022-07-01 06:49:16 (UTC+01:00)

Pelo menos 30 pessoas foram assassinados e um número indeterminado foi sequestrado, incluindo quatro cidadãos chineses, num ataque contra uma localidade mineira no estado do Níger, no noroeste da Nigéria, noticia a agência espanhola de notícias, a Efe.

"Temos informações de que um grande número de bandidos atacou a aldeia de Ajata, na localidade de Shiroro, esta quarta-feira, mataram muita gente e sequestraram muitas pessoas", disse o secretário da Coligação das Associações de Shiroro em declarações à Efe, escreve o Notícias ao Minuto.

De acordo com o ativista, "recuperaram-se 30 corpos nos bosques até ao momento, enquanto muitas pessoas, incluindo quatro trabalhadores chineses de uma mina, continuam desaparecidos".

Um forte tiroteio entre os atacantes e diferentes forças de segurança seguiu-se ao assalto, com os meios de comunicação locais a noticiarem a morte de vários agentes da autoridade.

A Nigéria sofre ataques incessantes de bandidos e raptos em massa para obter resgates lucrativos, principalmente no centro e noroeste do país.

A esta insegurança junta-se a ameaça terrorista que atinge o nordeste do país desde 2009, causada pelo grupo Boko Haram e, desde 2015, pela sua fação ISWAP (Estado islâmico na província da África Ocidental)