Nacional

Banco Mundial desembolsa USD 300 milhões para Orçamento do Estado

2022-05-12 08:56:11 (UTC+01:00)

O Banco Mundial poderá desembolsar trezentos milhões de dólares, ainda este ano, no quadro da retoma do financiamento directo ao Orçamento do Estado.

De acordo com a RM, o anúncio foi feito pela Directora do Banco Mundial para África Oriental e Austral, Idah Riddihough, após um encontro, na manhã desta quarta-feira, com o Ministro da Economia e Finanças.

Idah Riddihough referiu que as áreas prioritárias são saúde, educação e energia, sendo que a proposta para o financiamento será apresentada à administração do Banco Mundial para aprovação, até Junho próximo.

“Estamos a falar de cerca de trezentos milhões de dólares, que esperamos levar junto a nossa administração para aprovação até 13 de Junho desde ano, e então poderemos considerar outras janelas de financiamento para 2023-2024. As áreas prioritárias nessa altura irão depender das reformas que o governo gostaria de fazer” – disse a fonte.

A melhoria na transparência e boa governação, registada nos últimos anos, constitui um passo importante para a reconquistar da confiança dos parceiros de Moçambique. Considera Idah Riddihough.

“Se lembrar, houve muito trabalho feito em torno da transparência e boa governação, sendo que estas eram as questões-chave naquele momento. Pensamos também que a aprovação do programa do FMI e as actividades de apoio ao orçamento, que seremos capazes de implementar, darão um sinal forte ao mercado, ainda mais importante darão um sinal muito forte a todos os parceiros de Moçambique” – afirmou Idah.

Desde 2016, o país não recebe apoio directo do Banco Mundial ao Orçamento do Estado, devido a descoberta das dívidas não declaradas.