Nacional

Barragens moçambicanas com água suficiente para os próximos dois anos

2022-05-19 07:56:16 (UTC+01:00)

As barragens moçambicanas têm água suficiente para os próximos dois anos, depois de terem encaixado elevados volumes na época chuvosa 2021/2022, que terminou em abril, anunciou a Direção Nacional de Recursos Hídricos (DNRH).

O chefe do Departamento das Bacias Hidrográficas na DNRH, Agostinho Vilanculos, citado pelo diário Notícias, afirmou que as barragens do centro e sul do país têm reservas acima de 75% e as do norte estão cheias (100%).

Vilankulo assinalou que há reservas suficientes para o fornecimento de água potável às zonas urbanas e irrigação, num país onde metade dos 30 milhões de habitantes tem acesso a água potável.

O cenário de barragens cheias contrasta com o que se passou há cerca de dois anos, em que até Maputo, capital moçambicana, enfrentou limitações no fornecimento de água devido à redução das reservas para menos de metade , na sequência da seca que assolou o sul do país.

Agora, aquele responsável alerta para a necessidade de uma contínua racionalização de água na cidade de Nampula, no norte, zona mais populosa do país, uma vez que a barragem que alimenta a urbe é pequena e não retém água suficiente.

"Nampula é uma barragem pequena, com cerca de quatro milhões de metros cúbicos por ano para satisfazer 700 mil pessoas. Assim, só consegue disponibilizar água para quatro meses", declarou Agostinho Vilankulo.

A cidade, prosseguiu, precisa de 24 milhões de metros cúbicos por ano, um défice que está na origem da crónica falta de água.Noticias ao Minuto