Nacional

Casal condenado a 40 anos de prisão maior por assassinato de três crianças

2016-10-29 08:40:14 (UTC+01:00)

O Tribunal Judicial Provincial do Niassa (TJPN) condenou, há dias, a 40 anos de prisão maior para um casal, por ter provado o seu envolvimento no rapto e assassinato de três crianças da mesma família, no povoado de Mpamela, distrito de Marrupa.

MAPUTO-Uma nota informativa assinada pelo juiz-presidente do TJPN, Leonardo Mualia, indica que Eduardo Agostinho e Argentina Chibuana, com idades não avançadas, cometeram aquele crime a mando de um indivíduo não identificado, que actualmente se encontra fugitivo.

De acordo com a fonte, o suposto mandante tinha prometido ao casal um valor monetário não especificado, uma motorizada e chapas de zinco para a cobertura da sua casa.

Recorde-se que o crime ocorreu nos primeiros meses deste ano, altura em que as três crianças desapareceram daquele povoado e mais tarde os seus corpos foram descobertos numa mata.[AM]