Nacional

CNE está a envidar esforços para que os processos eleitorais sejam mais credíveis

2024-02-29 07:46:03 (UTC+00:00)

O Presidente da Comissão Nacional de Eleições, Dom Carlos Matsinhe, disse, ontem, que a CNE está a envidar esforços, junto de organizações nacionais e estrangeiras, para garantir que os processos eleitorais, no país, sejam mais livres e credíveis.

Segundo Dom Carlos Matsinhe, a acção passa pela partilha de experiências e envolvimento dos partidos políticos na gestão das eleições, para permitir que os resultados eleitorais sejam de consenso.

Matsinhe falava, em Maputo, na abertura de um seminário sobre ilícitos e contenciosos eleitorais, dirigido aos Juízes, Procuradores e outros órgãos da justiça.

O Juiz-Conselheiro do Tribunal Supremo, António Namburete, diz que é preciso formar os Magistrados em matéria de ilícitos eleitorais para que possam dirimir da melhor maneira os conflitos eleitorais.

O seminário sobre ilícitos e contenciosos eleitorais, que decorre até esta quinta-feira, é promovido pelo Tribunal Supremo, em coordenação com a Procuradoria Geral da República (PGR), Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) e a Comissão Nacional de Eleições (CNE).

O evento decorre sob o lema: O papel do judiciário na administração da justiça eleitoral-consolidando o Estado de direito democrático.