Nacional

Detido agente da PRM após morte de jovem em Maputo

2021-09-21 08:03:50 (UTC+01:00)

Um agente da polícia da República de Moçambique está detido por matar a tiro um jovem de 18 anos durante a perseguição a um grupo, no distrito de Moamba, província de Maputo, disse hoje à Lusa fonte da corporação.

O incidente ocorreu em 13 de setembro, quando o agente "tentava neutralizar um grupo que ameaçava populares com recurso a armas brancas", disse Carminia Leite, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) na província de Maputo.

Segundo a porta-voz, o grupo, do qual supostamente fazia parte a vítima, terá fugido ao se aperceber da presença da polícia e durante a perseguição o agente terá "de forma involuntária" alvejado o jovem.

"A Polícia da República de Moçambique lamenta a morte e endereça as mais sentidas condolências a família", disse Carminia Leite, acrescentando que o agente em causa foi detido no mesmo dia em que ocorreu o incidente.

A PRM chama a atenção a todos os membros da corporação para "observarem com muito cuidado o manuseio de armas de fogo", para evitar que situações como esta se repitam.

Em junho, um homem de 34 anos morreu após ter sido supostamente baleado por agentes da polícia num bairro da cidade de Maputo, após partir o vidro de um carro da corporação.

O corpo da vítima foi encontrado pela família após 10 dias de buscas, na morgue do Hospital Central de Maputo, a pouco tempo de ser conduzido para um enterro coletivo, contaram, na altura, os familiares à Lusa.