Nacional

Saúde

Equipamento médico doado a HCB servia a clínica privada

2016-03-15 07:51:25 (UTC+00:00)

Cerca de 70% do equipamento medico doado em Fevereiro do ano passado pela Rotary Club da Austrália ao Hospital Central da Beira (HCB), servia a uma clinica privada, confirmou a direção da instituição.

MAPUTO- Do material desviado, segundo informação prestada a governadora Maria Helena Taipo, citada pelo Notícias, o destaque vai para o equipamento do Bloco Operatório, avaliado entre 400 e 500 mil dólares americanos.

Depois de uma acareação dos factos foi possível a recuperação, ainda ontem, de algum material que tinha sido desviado, a exemplo de uma mesa e duas camas de cirurgia que já estavam a ser utilizadas numa clínica denominada Sorridente, a funcionar na capital provincial de Sofala.

Falando em conferência de imprensa, o presidente da Rotary Club da Beira, Andrew Jennings, referiu que do referido donativo entregue ao HCB faziam parte vários medicamentos, num lote de bens e equipamento contidos num contentor de 40 pés, sendo que a maior preocupação dos parceiros vai para o desaparecimento, em Outubro último, de uma mesa e 19 camas de cirurgia, deixando parte dos doentes internados no HCB a dormir no chão.

O porta-voz do Governo em Sofala, Hélcio Cânda, disse, por seu turno, que a maior preocupação vai para a modalidade da recepção deste donativo pelo HCB, que segundo ele aconteceu à revelia do sector do Património e da Direcção Provincial de Saúde, e muito menos da governadora, representando uma autêntica desorganização daquela unidade sanitário.

Deste modo, o Governo indicia naquela província toda direcção do HCB, chefiada pelo clínico Augusto César Macome, como culpada e deverá ser punida exemplarmente, enquanto todo equipamento desviado deverá retornar àquela unidade sanitária, num processo que está a ser liderado pela governadora de Sofala. [FI]