Nacional

Governo aprova plano de contingência para época chuvosa 2021/2022

2021-10-27 07:09:50 (UTC+01:00)

O governo moçambicano aprovou ontem o plano de contingência para época chuvosa 2021/2022, uma estratégia orçada em 10 mil milhões de meticais, anunciou o porta-voz do Conselho de Ministros.

"Está previsto que tenhamos chuvas, ventos fortes, inundações urbanas e secas. A estes aspetos se juntam também as possibilidades de ocorrência de cheias e ciclones", declarou à comunicação social Filimão Suaze, após a 37.ª sessão do Conselho de Ministros na Presidência da República em Maputo.

No total, segundo dados do plano de contingência, mais de 1,6 milhões de pessoas podem ser afetadas, a maior parte das quais em distritos das províncias de Sofala e Manica, na região centro de Moçambique, que ainda tem marcas da passagem do ciclone Idai, em 2019.

"Esta reflexão é feita tendo em conta os exercícios anteriores, na medida em que já sofremos com eventos naturais. E é preciso considerar que ainda existem deslocados de guerra, tanto do cenário que nós temos por causa do terrorismo em Cabo Delgado como também devido a situações que ainda prevalecem no centro", declarou o porta-voz do Governo de Moçambique.