Nacional

Grupo Yara analisa investimento de 2000 milhões de dólares em Moçambique

2017-11-03 06:18:57 (UTC+00:00)

O grupo norueguês Yara está a analisar um investimento de dois mil milhões de dólares na construção de uma fábrica em Moçambique, estando a ponderar a entrada de mais parceiros para partilhar os custos.

MAPUTO- A informação foi avançada esta quinta-feira em Oslo, pelo presidente executivo Svein Tore Holsether em declarações à Agência financeira Reuters.

O grupo assinou em Julho passado com o Ministério dos Recursos Minerais e Energia um memorando de entendimento para a produção de adubos a partir do gás natural extraído na bacia do Rovuma, província de Cabo Delgado, norte de Moçambique

Este acordo surgiu na sequência dos resultados de um concurso público internacional para a adjudicação de uma parcela do gás natural a ser futuramente extraído, tendo a Yara Internacional sido uma das três empresas vencedoras, em conjunto com a Shell e a GL Africa Energy.

A empresa norueguesa solicitou a adjudicação de 80 milhões a 90 milhões de pés cúbicos por dia para a produção anual de 1,2/1,3 milhões de toneladas de adubos (amoníaco e ureia) e 30 a 50 megawatts de energia eléctrica.

O presidente executivo do grupo disse ainda à agência não haver um calendário para a construção da fábrica de adubos, mas adiantou estarem a decorrer negociações relacionadas com o programa de desenvolvimento do projecto em Moçambique.