Nacional

INSS remete mais de trezentas empresas à Justiça na Zambézia

2022-05-18 07:59:20 (UTC+01:00)

O Instituto Nacional de Segurança Social na Zambézia, canalizou aos órgãos de administração da justiça, trezentos e onze empresas por terem falhado a amortização da divida, no âmbito do decreto que estipula o perdão de multas e juros demora.

De acordo com a RM, a divida corresponde à mais de sessenta e seis milhões de meticais sendo 68 processos encaminhados a procuradoria e duzentos e quarenta e três ao juiz de execução fiscal para cobrança coerciva.

A informação foi partilhada esta terça-feira por Paulo Madjakunene, Delegado do Instituto Nacional de Segurança Social na abertura da nona sessão do conselho de representação de estado na Zambézia.

O Delegado do Instituto Nacional de segurança social fez saber ainda que no âmbito do decreto cujo vigência terminou a 11 deste mês, foram perdoados mais de 16 milhões de meticais que correspondentes a multas e juros demora.

Na ocasião a Secretaria de Estado Judite Mussakula desafiou a delegação do instituto nacional de segurança social a intensificar a sensibilização aos trabalhadores sobre a importância da previdência social.