Nacional

O País terá refinaria de gás de cozinha

2024-04-22 08:13:40 (UTC+01:00)

Moçambique terá, ainda este ano, a primeira refinaria de processamento de Gás de Petróleo Liquefeito (GPL), que está a ser erguida na província de Inhambane, com a capacidade de produção de cerca de 30 mil toneladas
de GPL.

A informação foi apresentada pelo director nacional de Hidrocarbonetos e Combustíveis, Moisés Paulino, que referiu que o gás a ser produzido naquela instalação será direccionado para o mercado doméstico, o que vai reduzir as importações que se situam em cerca de 48 mil metros cúbicos por ano, em 70 por cento.

O outro objectivo que se pretende alcançar com a montagem daquela fábrica é reverter a actual situação do país, em que a maior parte da população usa a lenha e o carvão, o que atenta contra os objectivos de desenvolvimento sustentável, refereiu.

Aliás, com vista a reduzir o uso da lenha e do carvão, que é feita pela população de baixa renda, o Governo lançou, em 2022, o programa nacional de massificação do uso de gás, que abarca a componente ambiental, contribuindo para a melhoria das condições e qualidade de vida da população a médio e longo prazos, salienta Moisés Paulino.