Nacional

PGR preocupada com crimes bárbaros

2016-04-19 07:58:13 (UTC+01:00)

Os crimes bárbaros que tiram a vida de pessoas, incluindo magistrados do Ministério Público devem ser encarados com seriedade pelos fazedores da justiça, para que os seus autores sejam rapidamente encontrados e responsabilizados pelos seus actos.

MAPUTO-Este apelo foi lançado ontem em Pemba, Cabo Delgado, pela procuradora-geral da República, Beatriz Buchili, que se encontra em visita de trabalho neste ponto do país.

Buchili disse que os magistrados devem se juntar e condenar veementemente assassinatos dos seus próprios colegas.

Naquilo que constituiu a sua primeira reacção pública da morte do procurador Marcelino Vilanculos, assassinado a tiro semana passada, na cidade da Matola, Buchili disse que o crime organizado está a tentar intimidar a classe de magistrados no país.

Durante um período de seis dias em Cabo Delgado, a procuradora-geral vai verificar as actividades da procuradoria provincial e distrital de Montepuez, e efectuará visitas a cadeias para se inteirar da situação dos prazos das detenções e a observância da lei.[AM]